A flauta de Veras

Conheci João Veras como organizador do FAMP/88. Sempre o associei à sua flauta transversal. Via-o mesmo como 'o menino da flauta', cheio de ideias e músicas a entoar. Muitas delas ganharam festivais, com a parceria de Heloy de Castro, seu principal parceiro e amigo das noites alquimistas do Casarão. A foto abaixo, que registra a primeira vez que tocamos juntos (Opus Alchymicum/90), mostra um João exatamente menino e compenetrado, com uma timidez corajosa e crítica, que inspira ao mesmo tempo segurança e instabilidade, cujo

resultado é estimular a criatividade a qualquer um que lhe faça companhia no palco. É o músico que veio do teatro e sempre se envolveu com os movimentos culturais da aldeia de Rio Branco. Tem se destacado como um intelectual de referência e solidário aos artistas da coletividade, na luta por espaços públicos de exposição de sua arte, desatrelados do establishment estatal. João é de fato transversal! Salve, Veras!!!


Posts Em Destaque
Posts em breve
Fique ligado...
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Nenhum tag.
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
  • Twitter Social Icon
  • White YouTube Icon
  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon