Melodias de Nós


Após minha participação no festival, montei o espetáculo Mariris: Melodias de Nós. O título me foi sugerido por João Veras. Trabalho étnico inovador, com flautas, efeitos, violão de nylon, percussão e um coro maravilhoso, formado por Nilda Dantas, Gorethe Barros, Elza Dantas, Raimunda Gomes (no início) e Fátima Guedes. Figurino impecável, sonoridade inédita por aqui. No entanto, a maioria das canções do espetáculo nunca foram registradas. Apresentei ao Sesc, no Amazônia das Artes, recentemente, um projeto de resgate e atualização desse trabalho. Anexei todas as fotos e até a fita cassete com a gravação ao vivo de um dos espetáculos. Mais documentado, impossível, tema Amazônico, tudo dentro dos critérios do edital. Fui reprovado. Seleção estranhíssima. No dia do resultado, não saiu o resultado. Dei de ombros. Perdi meu tempo com julgadores obscuros, nada transparentes. O fato é que Mariri foi o melhor espetáculo do ano de 1992, premiado com a estatueta da Fundação Cultural da época, em cerimonial no Teatro Plácido de Castro. Isso por si só já mereceria a atenção dos gestores de cultura, para a necessidade de seu registro fonográfico.


Posts Em Destaque
Posts em breve
Fique ligado...
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Nenhum tag.
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
  • Twitter Social Icon
  • White YouTube Icon
  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon